10 dicas para trabalhar em Cruzeiros

Sonhando em realizar uma experiência de trabalho fora do Brasil, mas sem ter ideia do que fazer ou de como iniciar os preparativos? Então, trabalhar em cruzeiros pode ser uma ótima forma de obter essa oportunidade diferenciada.

10 dicas para trabalhar em Cruzeiros

No entanto, não pense que o trabalho em cruzeiro se trata algo simples e regado a muito glamour. Muito pelo contrário, é comum que sejam ocupações exigentes e que demandem dedicação, responsabilidade e eficiência. Afinal de contas, o luxo de um navio é reservado unicamente aos seus passageiros.

Mas, nada impede que você possa aproveitar essa experiência de trabalho com aprendizado de outros idiomas, descoberta de novas culturas e expandindo os seus horizontes.

10 dicas para quem pretende trabalhar em cruzeiros

Se pretende trabalhar em cruzeiros, essas dicas serão de extrema valia na hora de conseguir uma oportunidade, aproveite.

1 – Fluência em outro idioma

A primeira sugestão para poder conquistar um emprego a bordo é ter, ao menos, um domínio intermediário do idioma inglês. Quanto maior a sua capacidade de se comunicar em outra língua, maiores as chances de admissão.

2 – Cursos exigidos pela marinha

Geralmente, os tripulantes de uma embarcação que está no litoral brasileiro necessitam passam por dois cursos exigidos pela Marinha, STCW e CPFN. Além disso, você também pode ter que passar por uma capacitação para a vaga pretendida.

3 – Entrevistas

Geralmente, você passa por um processo seletivo de duas etapas: entrevistas com a agencia de trabalho escolhida e, posteriormente, com a companhia marítima. Esses contatos podem ser feito de maneira presencial ou virtual.

4 – Documentação completa

A partir do momento que você recebeu um parecer positivo sobre a sua participação no processo seletivo, basta se preparar para o momento de embarque. O tempo de espera pode variar de um caso para o outro, portanto, deixe toda a documentação exigida pronta o quanto antes.

5 – Exames médicos

É normal que as companhias marítimas também solicitem alguns exames médicos antes do embarque. Por isso, é indicado dar encaminhamento o mais rápido possível para resolver essa situação e estar pronto para iniciar o trabalho no cruzeiro.

6 – Dedicação em longo prazo

A média de tempo de dedicação para trabalhar a bordo costuma ser de 6 a 8 meses, levando em consideração o seu posto e a companhia marítima. Por isso, reflita muito bem a respeito deste período de comprometimento.

7 – Jornada de trabalho

A duração da sua jornada de trabalho pode variar de acordo com a bandeira do navio de cruzeiro. Portanto, é essencial esclarecer todas essas dúvidas com a agencia antes de embarcar para evitar qualquer imprevisto.

8 – Respeitar as diferenças

É possível que você encontre pessoas de todas as partes do mundo tanto na sua equipe de trabalho quanto entre os turistas. Por isso, é fundamental saber lidar com as diferenças culturais e respeitar igualmente a todos.

9 – Foco na sua função

O treinamento especifico para a sua função é muito importante para lhe preparar adequadamente para a rotina de trabalho no cruzeiro. Portanto, embarque sabendo de todas as suas obrigações e de que existe muito a ser feito mesmo no alto-mar.

10 – Aproveitar a experiência

Contudo, o serviço em cruzeiro se trata realmente de uma experiência única na vida de qualquer pessoa, uma vez que você pode curtir a folga em uma praia paradisíaca e desembarcar sempre em um destino diferente. Então, se comprometa com os seus afazeres, mas jamais deixe de aproveitar intensamente!

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *