Como escrever um Relato de Caso?

Nos textos que apresentam casos clínicos, o intuito é preencher lacunas da literatura médica ou cientifica. Desta maneira, o autor tem condição de descrever casos inéditos, como, processos inovadores ou enfermidades com pouco ou nenhum estudo até o momento. Sendo assim, as experiências de uma respectiva equipe de pesquisadores podem auxiliar a levar a mais conhecimento coletivo através do relato de caso.

Como escrever um Relato de Caso?
Como escrever um Relato de Caso?

Quais são as partes que compõem um relato de caso?

De fato, a separação em tópicos pode fazer com o que o seu relato de caso possa ser publicado em revistas, portais e veículos de comunicação científicos, fazendo com que o conteúdo alcance um público cada vez maior.

1 – Introdução

A introdução se refere a uma apresentação curta a respeito do caso que será apresentado. O escrito pode apontar as metas do relato de caso e comprovar a pertinência do artigo para toda a comunidade acadêmica.

2 – Descrição do caso

Esta é uma etapa em que você pode colocar ainda mais informações a respeito de suas descobertas. Todos os dados tendem a ser colocados em ordem cronológica, ou seja, de acordo com a ocorrência de todos os fatos.

No fim desta parte do seu artigo, o leitor do conteúdo precisa ser informado do seguinte:

  • Efeitos ou situação clinica do paciente em questão
  • Retrospecto de enfermidades ou situação de saúde
  • Testes e exames efetuados durante a averiguação
  • Remédios, processos cirúrgicos ou ambulatórios e demais mecanismos usados ao longo de todo o tratamento em questão
  • Estado do sujeito no fim de todos os trabalhos

3 – Discussão do seu relato de caso

Todas as informações que foram apuradas no decorrer de sua atividade precisam ser comparadas com as referencias bibliográficas escolhidas. Sendo assim, é necessário levantar teorias para as reações do paciente ao tratamento aplicado neste caso.

Também se deve notar todos os dados que compensam passar por uma investigação muito mais aprofundada, isto é, quando a pesquisa não teve a condição de apontar.

4 – Conclusão

Basicamente, o autor não contará com muita dificuldade para descobrir do que se trata esta parte do seu relato de caso. A conclusão é apenas o ponto para finalizar o seu texto.

Conclusão apresenta os resultados do seu relato de caso
Conclusão apresenta os resultados do seu relato de caso

Nesta parte, as informações mais relevantes da pesquisa necessitam ser colocadas de maneira resumo, visando indicar de novo a particularidade e todas as descobertas trazidas para o seu campo de atuação.

5 – Lista de referência

Logo depois de efetuar a conclusão, o autor precisa adicionar ao seu texto a lista referencias. Vale destacar que as obras cientificas, normalmente, pedem um resumo com a quantia variando de 150 a 200 palavras. Esse resumo tem o objeto de condensar todos os tópicos desenvolvidos no texto ao todo.

6 – Revisão

Na verdade, você não precisa escrever mais um tópico nomeado revisão. Porém, é fundamental que o seu relato de caso passe por uma revisão ortográfica, gramatical e cientifica antes de ser encaminhado para colaboradores, pesquisadores, professores ou qualquer veículo de comunicação especializado. Tudo para que as informações não sejam contestadas por terceiros.

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *